Conheça o tratamento que pode aliviar ou até mesmo, em alguns casos, desaparecer com o zumbido no seu ouvido

Sim, o zumbido pode melhorar ou até mesmo, em alguns casos, desaparecer com um tratamento específico onde são utilizadas técnicas de acordo com a avaliação de cada paciente.


Dra Carina explica sobre Zumbido no programa Hora da Saúde

Como saber se preciso procurar um fisioterapeuta especialista em zumbido?

O fisioterapeuta poderá ajudar nos casos de zumbido que tenham origem musculoesqueléticas (somatossensorial) ou emocional. Procure-nos caso apresente:


Conheça o tratamento fisioterapêutico que pode aliviar e em alguns casos levar à remissão total do zumbido

Sim, o zumbido é um sintoma e como todo sintoma apresenta causas diferentes, que variam de pessoa para pessoa. Uma das causas do zumbido com grandes chances de alívio e até mesmo remissão total é a disfunção muscular e articular localizada na região de cabeça, articulação temporomandibular, pescoço, ombros e escápula. Este tipo de zumbido é chamado somatossensorial e é tratado também por um fisioterapeuta especialista, além do otorrinolaringologista.

Como funciona o tratamento fisioterapêutico para zumbido?

Inicialmente deve-se agendar avaliação, que tem a duração de 2h. Nela iremos colher todas as informações necessárias sobre o zumbido, fazer exame físico e realizar as primeiras orientações para o paciente. Nesta avaliação iremos definir o número de sessões de tratamento necessárias para o seu caso. Geralmente as sessões acontecem 1 vez por semana.
As técnicas utilizadas variam de paciente para paciente e podem incluir:

Terapias manuais

Exercícios

Eletroterapia

Agulhamento seco

Mindfulness

Procedimentos de relaxamento

Aconselhamento


Sobre Dra. Carina Bezerra Rocha

Formei-me em fisioterapia em 1999 e resolvi abraçar a vocação de pesquisadora aliada à prática clínica. Sempre acreditei no atendimento personalizado com técnicas baseadas em comprovação científica, sem esquecer da atenção e escuta do paciente. Confira um pouco da minha estória:


– Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina da USP – 2010
– Mestra em Ciências pela Faculdade de Medicina da USP (aprovada com louvor) – 2005
– Pós-graduação em disfunções músculo-esqueléticas pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP – 2001
– Fisioterapeuta pioneira no Brasil e no exterior nas pesquisas em zumbido somatossensorial
– Fisioterapeuta pesquisadora/colaboradora do Grupo de Zumbido do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP
– Autora e coautora de artigos científicos publicados em revistas nacionais e internacionais
– Autora e coautora de capítulos de livros internacionais e nacionais
– Docente em cursos de pós-graduação em várias cidades do Brasil
– Palestrante em congressos, simpósios e workshops
– Ministrante de cursos sobre zumbido somatossensorial (presencial e on-line)
– Revisora da revista científica Brazilian Journal of Pain
– Membro da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED)
– Premiada como melhor profissional do ano pela Braslider (2015)
– Indicada para homenagem pelo Dia das Mulheres como melhor egressa do curso de fisioterapia da UNIT (2016)
– Reconhecida pelo Doctorlaria entre os profissionais de saúde mais bem avaliados pelos pacientes no Brasil (2017)
– Membro do Colégio Brasileiro de Medicina do Estilo de Vida
– Criadora da semana de Divulgação do Zumbido Somatossensorial em 2018

Veja os depoimentos no Doctoralia

YOUTUBE

Veja os depoimentos de remissão total de zumbido
Clique na imagem do Youtube

seta

POSTS RECENTES DO INSTAGRAM

 

POSTS RECENTES DO FACEBOOK

 

Fisioterapia Carina Bezerra Rocha

Fisioterapeuta especialista, mestra e doutora pela Faculdade de Medicina da USP
Fisioterapia Carina Bezerra Rocha
Fisioterapia Carina Bezerra Rocha está em São Paulo.
São Paulo
Ainda não se inscreveu? Sábado de manhã iniciaremos este grande evento gratuito. Quer participar? Escreva sim nos comentários e te passo o link ☺️
Fisioterapia Carina Bezerra Rocha
Fisioterapia Carina Bezerra Rocha está em São Paulo.
São Paulo
Muitos indivíduos com zumbido relatam hiperacusia (sensibilidade a sons). Curiosamente, cerca de 90% das pessoas com hiperacusia apresentam também zumbido, sugerindo uma forte relação. Um total de 3645 participantes (1984 com zumbido e 1661 sem zumbido) foram avaliados ✍️
.
O presente estudo sugere que a hiperacusia está fortemente associada ao zumbido e que essa relação aumenta com a gravidade. Estudos longitudinais ajudarão a determinar a direção dessa associação 🧐
.
O zumbido grave com hiperacusia não é normalmente acompanhado de dores cervicais, outras síndromes dolorosas ou vertigem. Os autores sugerem também a falta de envolvimento do núcleo trigeminal na fisiopatologia do zumbido com hiperacusia ✅
Fisioterapia Carina Bezerra Rocha
Fisioterapia Carina Bezerra Rocha está em São Paulo.
São Paulo
Frequentemente vemos nas redes sociais postagens sobre a possível relação do zumbido com a espiritualidade. Informações de que o zumbido seria uma abertura para mediunidade ou de novos portais. Não vejo problema algum e respeito estas declarações. O grande problema está no fato de várias pessoas relatarem que, por ser espiritual, não seria necessário ir em busca de um médico otorrino.
.
O zumbido é um sintoma e deve ser investigado e tratado, sim🙏. Vocês já leram algo parecido?

Todos os direitos reservados © Copyright 2021  Zazz Tecnologia

Open chat
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar?